Porque degustar a comida tradicional de uma região é uma das melhores forma de se compreender a história e cultura de um povo, reunimos 6 pratos típicos que tem de provar da próxima vez que viajar até uma destas cidades Telpark.

6 especialidades gastronómicas para degustar en Ciudades Telpark

As culturas gastronómicas da Península Ibérica são conhecidas mundialmente pela sua diversidade de sabores e familiaridade na confeção.

Embora sofram alterações ao longo dos anos, as receitas e pratos típicos preservam a essência e história de um país. A degustação dos pratos tradicionais de uma região é por isso uma parte muito importante das viagens.

Conheça pratos de comer e chorar por mais, que pode encontrar da próxima vez que se deslocar a uma destas 6 cidades Telpark.

Cozido Madrileno

Cozido Madrileno

Este é um prato típico da culinária da comunidade de Madrid, que pode encontrar nos menus dos restaurantes locais geralmente à quarta-feira.

De origem humilde e judaica, sendo originalmente confecionado pelas classes mais baixas, este prato é habitualmente consumido durante os meses frios de inverno uma vez que é rico em calorias.

O grão-de-bico é o protagonista do prato, fazendo-se acompanhar de verduras e diversos tipos de carne.

Tradicionalmente, é dividido em três sub-pratos quando chega a hora de servir. Primeiro, serve-se a sopa resultante do caldo onde são cozidos os ingredientes, em segundo lugar, o grão-de-bico, juntamente com as verduras e as batatas, e por último as carnes.

Consulte a receita aqui.

Paella

Paella

De origem Valenciana, a Paella é um prato essencialmente composto por arroz, preparado com vários ingredientes e especiarias, entre as quais o açafrão, que lhe confere a cor amarela.

A designação do prato pensa-se que deriva da antiga palavra francesa “Paelle”, que significa panela, ou da palavra latina “Patella”, que significa recipiente.

Quando surgiu, era feita por camponeses que misturavam no arroz os ingredientes que tinham disponíveis (apenas carnes e vegetais) e comiam diretamente da panela.

Dada a localização na costa valenciana, o prato foi sofrendo algumas modificações, até se tornar na tradicional Paella valenciana, onde são combinados frutos do mar, carnes e vegetais.

Consulte a receita aqui.

Francesinha

Francesinha

Segundo a história, este prato foi idealizado por um emigrante português a viver em França, que decidiu adaptar a clássica sandes francesa, o “Croque-Monsieur”, à cultura gastronómica da cidade do Porto.

É feito utilizando duas fatias grossas de pão de forma torrado, carne de vaca, enchidos e queijo, mas o verdadeiro segredo está no molho ligeiramente espesso e picante, deitado antes de servir.

Foi eleita como uma das melhores sandes do mundo pela AOI Travel, e continua a ser uma das mais apreciadas iguarias a nível nacional.

Consulte a receita aqui.

Ameijoas à Bulhão Pato

Ameijoas à Bulhão Pato

Este é um prato muito comum nas marisqueiras e cervejarias da região de Lagos,  e foi um dos candidatos finalistas às 7 Maravilhas da Gastronomia Portuguesa.

Teve origem na região da Estremadura, e crê-se que o seu nome seja um tributo ao poeta português Raimundo António de Bulhão Pato após ter mencionado o cozinheiro que concebeu o prato num dos seus livros.

De confeção muito simples, os ingredientes chave deste prato são as ameijoas, o azeite, alho, coentros e o limão, sendo que cada cozinheiro confere a sua assinatura através dos temperos que lhe adiciona.

Consulte a receita aqui.

Açorda à Alentejana

Açorda à Alentejana

Esta sopa tipicamente alentejana, tem a particularidade de não ser cozinhada.

Ainda que o seu modo de confeção mude de zona para zona, na sua base estão a água fervida, o azeite, sal, alho, pão e ervas aromáticas.

O que começou por ser um prato típico de camponês, é hoje um petisco adorado por todos e replicado de norte a sul.

Consulte a receita aqui.

Pescaíto Frito

Pescaíto Frito

Sendo uma cidade costeira, a gastronomia malaguena conta com pratos frescos e leves em  especial feitos à base de peixe e marisco.

Se vai sair para  tomar um copo num dos bares de Málaga ou tomar uma cerveja junto à praia, é bem provável que lhe sirvam Pescaítos Fritos como tapa.

Estes pequenos peixes, são envoltos em farinha e depois fritos a altas temperaturas, resultando num petisco crocante.

Consulte a receita aqui.

Atualmente, Telpark está disponível em mais de  70 cidades de Portugal e Espanha. Deixe-nos uma mensagem ou visite a secção de perguntas frequentes no website do seu parquímetro pessoal.

Se ainda não descarregou a aplicação, não espere mais: para isso apenas tem de clicar.

Mais informações e vantagens em www.telpark.com/pt/