Conduzir bem é saber respeitar todos os ocupantes da via, sejam eles condutores, peões ou ciclistas. Conhece as diferenças entre regras para a ultrapassagem de bicicletas e de carros? Saiba tudo, aqui.

O Código da Estrada define algumas regras para que carros e bicicletas circulem na mesma via, em segurança.

Neste artigo vamos esclarecer algumas das dúvidas mais recorrentes aos condutores, no que toca às regras de ultrapassagem de velocípedes.

Qual a distância mínima para poder ultrapassar?

Na ultrapassagem de um velocípede ou à passagem de peões que circulem ou se encontrem na berma da estrada, a distância lateral mínima é de 1,5 metros.

Esta distância mantém-se caso estejam a circular dois ciclistas a par, número máximo permitido para que circulem lado a lado.

Posso pisar o traço contínuo para ultrapassar um ciclista?

O código de estrada não faz referência a uma possível exceção para que se pise o traço contínuo.

Mesmo que a visibilidade seja adequada e não preveja uma situação de perigo, é considerada uma infração muito grave.

Em que situações não devo ultrapassar uma bicicleta?

Em estradas estreitas, situações de pouca visibilidade ou curvas apertadas, não deve ultrapassar, já que o perigo de colisão aumenta.

O mesmo se aplica sempre que não for possível cumprir a regra da distância lateral mínima de 1,5 metros em relação ao ciclista que quer ultrapassar ou em relação a um ciclista vindo pela frente.

Atualmente, Telpark está disponível em mais de  70 cidades de Portugal e Espanha. Deixe-nos uma mensagem ou visite a secção de perguntas frequentes no website do seu parquímetro pessoal.

Se ainda não descarregou a aplicação, não espere mais: para isso apenas tem de clicar.

Mais informações e vantagens em www.telpark.com/pt/